AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 29 de maio de 2017

UM EXTREMISTA NA BERRA


Pedro Mexia, o extremista mais na moda em tudo o que for comunicação social nacional. O homem arremete na televisão contra a esquerda, investe nos jornais sobre o anti-comunismo mais bacoco, “faladra” na rádio rodeado de mentiras e de meias verdades que não explica e que afasta propositadamente do contexto.
É intelectualmente um tipo infamante que se vai servindo de uma aurazinha criada por esta sociedade medíocre e pouco alfabetizada, onde cada um que apareça a debitar frases relativamente coerentes, fica desde logo auspiciada uma carreira a que se garante sabedoria infinda.
Hoje, naquele programinha pateta, chamado “governo sombra”, voltou a atiçar “os crimes do estalinismo” com a mesma tranquilidade e bonomia com que garante o milagre de Fátima. Bem como a bondade do capitalismo. Sem rede, à toa, sem contraditório. Cobardemente!
Guilherme Antunes (facebook)

29MAIO2017 - O MUNDO MARAVILHOSO DOS GRAFFITIS